Celular

Era tudo mais simples. Tínhamos mais amigos de corpo presente, mais calor humano, mais amor compartilhado, mais momentos vivenciados. Tudo era diferente. Nossos dias não eram blocos quebrados e não tinham atividades incompletas.  Sim, não conhecíamos tantas pessoas e nem tínhamos a habilidade social que temos hoje. Mas você reparou que nossos amores eram mais…

Por favor, enxergue que eu não amo você

É incrível como algumas pessoas têm a capacidade de fingir que nada de estranho acontece. Renata queria ser assim. Agir naturalmente na frente de Márcio. Mas ela não sabia como fazer isso. Não tinha noção de como olhar nos olhos dele e revelar toda a verdade. Todos os dias Márcio chegava do trabalho e dizia…

Eu odeio Ele – Epílogo

– Amor, vamos chegar atrasados na apresentação. Já está todo mundo lá na sala. – Só estou calçando a sandália! Ele entrou no quarto todo agoniado, aquilo costumava me deixar maluca, será que não podia entrar como uma pessoa normal? – Você disse isso há vinte minutos. A Nanda já se desarrumou toda, a Clara…