Abandono

Manu era uma jovem feliz. Porém a linha entre a felicidade e a tristeza é muito fina. Tudo começou a desmoronar quando ela perdeu o amor da sua vida: Marcos. Ele foi embora sem dar explicações. As coisas estavam bem em um dia e no outro, Marcos arrumou suas malas e saiu de casa. 

Eles tinham uma filha, Juju. Ela tinha 7 anos, idade suficiente para saber que seu papai sair de casa com uma bolsa bem grande não era algo normal. Ainda assim, Juju só achou que ele iria viajar. Como era muda não podia perguntar em palavras e já que seu pai não olhava pra ela não tinha como se comunicar e tentar saber o que estava acontecendo. 

Manu tentava segurar o marido, puxava sua blusa, chorava, gritava, mas Marcos não lhe dava uma palavra. Com apenas um empurrão jogou a esposa no chão e foi embora. Não deixou explicações. 

Enquanto Manu se perdia em desespero, Juju observava. A garotinha não entendia porque sua mãe chorava tanto, ela se aproximou e colocou a mão no ombro da mãe, queria que a olhasse para poder perguntar o que estava acontecendo, mas Manu nem chegou a sentir a menina.  

Juju se afastou, teve medo da cena que via. Pela primeira vez no mundo ela se sentiu triste, mesmo sem saber que era a palavra tristeza que denominava a dor que estava em seu jovem coração. 

Já havia escurecido e Manu não saia do lugar. Continuava chorando, agora mais silenciosamente. Juju pensou em se aproximar de novo, mas continuou com medo. Aquela pessoa jogada no chão, com o rosto inchado, os cabelos bagunçados e olhos parecendo que iam saltar não era sua linda mamãe. 

Um dia, dois, três… Juju parou de contar. A mãe deixou de lhe enxergar. A vontade que Juju tinha era de fazer igual ao seu pai: colocar algumas coisas dentro de uma bolsa bem grande e sair. Quem sabe aquela dor em seu peito pararia e talvez assim a mãe lhe notaria. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s